História

O Centro Universitário Paulistano, UniPaulistana, traz uma tradição educacional humanista e voltada para o mercado de trabalho, que começou lá no início dos anos 70, como Faculdade Paulistana, e perdura até hoje, após ter sido elevada à categoria de Centro Universitário. Esta tradição está nas várias ações institucionais ocorridas em seu Campus, todas voltadas ao atendimento ao aluno: salas de aula modernas, com reduzidos números de alunos; laboratórios: de língua e de tecnologia; programas de nivelamento; incentivo à pesquisa científica, atendimento psicológico ao aluno; planos pedagógicos; professores atuantes no mercado de trabalho; políticas acadêmicas que estabelecem uma comunicação entre disciplinas e permitem aos alunos uma eficaz qualificação profissional, o que é em nossos dias uma exigência constante do mercado de trabalho.

Assim, desde sua fundação e ao longo de sua história, a UniPaulistana vem se preocupando em oferecer uma formação consistente, sempre suprindo as necessidade do mercado de trabalho, mas sem abandonar a proposta educacional humanista primeira, norteado pelos fatores principais de qualquer Instituição de Ensino: técnica e ética.

Essa capacidade de valorizar experiências passadas, mas sempre atenta aos rumos dos processos educacionais e do mercado de trabalho do presente, formam a sólida História Educacional do Centro Universitário Paulistano.

Leia também


Missão Visão e Valores

MISSÃO O Centro Universitário Paulistano – UniPaulistana, por meio da articulação do conjunto de suas políticas acadêmicas e institucionais, assume como sua Missão: – Implementar e socializar o conhecimento e o saber, promovendo a formação profissional inicial, integral, competente e de excelência de seus alunos, voltada para o planejamento participativo e multiprofissional de ações, para ... Leia mais

Políticas

O conjunto dos Programas, Políticas e demais ações institucionais (elencadas na sequência), possibilitam o desenvolvimento cultural, profissional e científico dos membros da comunidade acadêmica, bem como a reflexão crítica e a disseminação de princípios éticos-científicos-acadêmicos, contribuindo tanto para a capacitação quanto para o engajamento dos egressos na construção de respostas socialmente compromissadas às demandas sociais. ... Leia mais