O asteroide solitário que ajuda a contar a história do Sistema Solar - 11/05/2018

 

Asteroide rico em carbono no Cinturão de Kuiper (Foto: Divulgação/Eso)

 

Pesquisadores identificaram um objeto espacial inédito: um asteroide rico em carbono no Cinturão de Kuiper.

Orbitando em um conjunto de objetos congelados localizados além de Netuno, a composição do asteroide indica que ele não se originou ali.

Em vez disso, o objeto com 300 km de largura pode ter sido ejetado de uma órbita junto aos planetas gigantes, durante o turbulento início do Sistema Solar.

 

 

O objeto fica tão distante da Terra que os cientistas levaram vários anos para analisá-lo.

"Quando obtivemos os dados pela primeira vez, pensamos que havia algo errado, porque não se parecia em nada com outros objetos do cinturão", disse o cientista Tom Seccull, da Queen's University Belfast, na Irlanda do Norte, à BBC News.

A maioria dos outros objetos naquela região do espaço têm uma superfície repleta de gelo. Esse asteroide, conhecido como 2004 EW95, não só é rico em carbono como contém minerais como filossilicatos, uma família que engloba a argila e o talco.

Órbita do asteroide (Foto: Divulgação/Eso)

Fonte: G1





Calendário Acadêmico

Passe o mouse nas datas marcadas e clique para ver os detalhes.

Central do aluno


Alunos! Todas as informações úteis para o seu dia-a-dia acadêmico.

Acessar

Instituição Participante - PROUNI